DISCLAIMER


DISCLAIMER: 1. The risk of trading equities and/or derivatives can be substantial. 2. Any decision to purchase or sell as a result of the opinions expressed in this blog will be the full responsability of the person authorizing such transaction. 3. Past performance is not indicative of future results.

domingo, 15 de junho de 2008

Reminescences Of a Blogger

A idéia desse blog tem sido servir de referência às minhas próprias análises e dar uma idéia a uma ínfima parte do universo de investidores a respeito do que é e o que não é a technical analysis. Quem acompanha as mensagens no blog desde sua criação pode ver que sugeri o fundo de um selloff terrível em janeiro desse ano e o topo do mês passado, que questiono idéias aceitas passivamente (a tese da "correção saudável", etc.). Sugerir, muito disfarçadamente, é o máximo que me verão fazer por aqui. Por isso jamais esse espaço será um sucesso comercial. A maioria das pessoas tem predileção por dicas e ilusões para ofuscar a dura realidade. Aqui não as encontrarão (daí até minha preferência por análises de ativos que não são negociados na Bovespa). Aqui poderão encontrar formas de compreender o ebb-and-flow do mercado e não decorá-lo.

Sobre dicas há um quote de Livermore que será verdadeiro enquanto o ser humano estiver sobre a face da Terra:
"The average man doesn’t wish to be told that it is a bull or a bear market. What he desires is to be told specifically which particular stock to buy or sell. He wants to get something for nothing. He does not wish to work. He doesn’t even wish to have to think."

5 comentários:

Samuel Ramos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Samuel Ramos disse...

Falando no Livermore, na minha opinião uma das melhores passagens do livro é aquela em que ele cita aquele cidadão que quando perguntavam alguma coisa sobre mercado, fosse o que fosse, sempre respondia:

"Well, it´s a bull market, you know"

Parabéns pelo blog, venho acompanhando há alguns meses.

Sds
Samuel

Fact Finder disse...

Todos passamos um tempo pelos constrangimentos de tentar explicar aos outros algo que simplesmente não pode ser transmitido. Só pode ser aprendido. Livermore, por certo, também.
Valeu pela força, Samuel.
[]s

Fact Finder disse...

A propósito, Samuel, mesmo com o tempo escasso, também tento acompanhar as postagens de seu blog.
[]s

Lafayette disse...

peraí dotô... não estou entendendo muito essa estória de uall istreet... será que não dá pra dizer qual é a boa do mês, assim, só pra um giro rápido???

BRINCADEIRINHA... hehehe... é que eu ouvi essa 2 vezes hoje.