DISCLAIMER


DISCLAIMER: 1. The risk of trading equities and/or derivatives can be substantial. 2. Any decision to purchase or sell as a result of the opinions expressed in this blog will be the full responsability of the person authorizing such transaction. 3. Past performance is not indicative of future results.

sexta-feira, 15 de agosto de 2008

EMs - The Truth Is Out There (by X-Files)

O momento dos emerging markets (EMs) não é de "instabilidade" e/ou "volatilidade" como tenho lido algures. Os corações fracos que me perdoem. Vou falar uma coisa muito feia. E por isso vou escrever bem pequenininho: lower highs + lower lows = bear market = mercado de baixa.

Mas não se preocupem. No longo prazo os mercados sempre se recuperam. O índice da maior bolsa canadense (Toronto Stock Exchange Index), por exemplo, levou breves 5 anos para retornar ao seu pico histórico nominal verificado em meados de 2000. Em termos reais, levou um pouco mais de tempo. Afinal, vendo as imagens de Pequim não parece que as Olimpíadas de Atenas foram ontem? :)

3 comentários:

aguia disse...

Fact:
estou tomando a liberdade de reprisar aqui nêste pôrrrora vazio espaço, o meu 'encorpado' coment das 10;30 hs de hoje, o 18° sôbre sua mensagem de ontem; pois me parece, hoje, ter mais a ver com seu post de hoje que com o de ontem, já que ontem só foi hoje, ontem; na Toronto do touro, o do abate, após o L..P de 5 anos:

"o melhor mesmo é ter dois pássaros na mão...

entre as maneiras de se observar 'qualquer coisa': uma, é de pertinho, na intenção de a analisar, quanto mais próximo, mais minuciosamente; para se ter daquilo os mais ínfimos detalhes... e outra, é à distância:
para quem deseja ter uma visão mais panorâmica do que observa... BUT, ao destemido player que opera surfando o perigo, com a agilidade indispensavel à velocidade da onda, é claro que o que mais interessa observar, para ter uma pre-visão (olhe o tracinho...) é a PRÓXIMA ONDA, mesmo que, lááá atraz, à distância, esteja se formando um devastador Tsunami (onda não surfavel, ao menos para amadores, course...).
assim é que sendo eu mais observador que habitual player (pois quando eventualmente entro é pesado e com target definido e sempre atento às premissas do veneravel Pat Hearne), observo, de hábito, além dos gráficos de CP (os de DT nunca), os gráficos históricos e ali, no momento atual , me parece estar o mercado bursatil, em GERAL, "patinando" faz tempo, no alto de uma rampa já bem escorregadia...
ora, sendo Bulls e Bears fenômenos cuja maior e mais significativa característica é serem de looooooooonga duração, nada me parece mais lógico q observar o mercado, ao menos uma vez ou outra, em quadros de L....P (em candles mensais ou trimestrais, tanto faz).

SEXTA FEIRA ceu azul (mar nem tanto), 2a. vencimentos.

flapão pro C.

Fact Finder disse...

Amigo Akilino, puxei o chart de $TSE justamente por causa de sua menção à bela Toronto...

smarca disse...

Amigos, no Dow, também vou repetir, temos 2 opções apenas:
- Ou é uma ABC complexa tendo finalzido a b da C, restando talvez 2 ou 3 pregões para concluir a acumulação e partir numa 3 altista
- Ou é uma Cunha baixista
Considerando o tempo que levou para acumular ou distribuir, na primeira hipótese a tsunami é pra cima e na segunda cai como uma bigorna.
Querem saber minha opinião?
Não?
Mas vou dizer mesmo assim: acho que é pra cima. Isso lá.
E aqui, considerando aquelas peculiaridades que lhes mostrei esta semana ainda ...
Deixa rolar ...