DISCLAIMER


DISCLAIMER: 1. The risk of trading equities and/or derivatives can be substantial. 2. Any decision to purchase or sell as a result of the opinions expressed in this blog will be the full responsability of the person authorizing such transaction. 3. Past performance is not indicative of future results.

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Short-Term Perspective For Rio Tinto

[Fiel ao princípio de não comentar papéis negociados na Broxespa, a fim de não levantar animosidades entre os leitores, sigo comentando o ADR de Rio Tinto (ticker RTP na NYSE).]

Esses dias li um post do Sandor do Giuoco Piano Trading em que ele comenta a dificuldade de se aferir a eficácia dos métodos de technicians porque cada operação parece passar por um processo decisório ad hoc. O estudo dos padrões gráficos joga mais lenha nessa fogueira ao não definir exatamente os requisitos mínimos que formações deveriam obedecer para se chamar X ou Y.

Certas formações despertam tanto fetichismo nos ATs que praticamente desapareceram dos charts de hoje. Exemplo: Me mostrem um head&shoulders (normal ou invertido) ou sombra dele que tenha se formado em algum daily chart de ativo na Broxespa. A dificuldade da ocorrência se deve ao fato de que são tão seguidos que a interação entre os players o distorce.

As formações "em ilha" são menos badaladas porque são mais raras por aqui. Ainda assim quando comentadas são mal classificadas. Para o AT menos exigente qualquer aglomeração de preços que esteja isolada nos extremos por gaps é uma "ilha". Chamar João de José traz como conseqüência uma maior imprevisibilidade estatística. Esse é o problema.

No chart acima podemos dizer que a formação preenche alguns requisitos mínimos de um island bottom: longo selloff até suportes reconhecidos (em timeframes maiores), gaps up e down situados mais ou menos no mesmo nível de preços, redução de volumes (não mostrada) e ausência de LTBs próximas.

"Ok, Fact! Você compraria Rio Tinto agora!?" Ainda não, buddie. Segundo Bulkowsky, há 70% de chance de throwback. Portanto, é de se esperar um recuo bem comportado dos preços. O outro lado da moeda é examinar o potencial de alta, mas esse é um outro assunto, que fica pra outro dia. Acredito que não estejamos diante de muita coisa. Um dead-cat bounce, talvez.

3 comentários:

Roberto disse...

O Sandro(Smarca) é insider. Acertou esta alta contra tudo e todos.
hehehehe, parabens S.

Fact Finder disse...

Bob, eu, por exemplo, só canto suportes se ponho $ nele. O Sandro teve o mérito de acreditar nele botando $.

smarca disse...

A matriz segue aos objetivos.

Aqui, havendo a confirmação do rompimento da LTB, deverá seguir a matriz com um pouco mais de volatilidade até seus objetivos também.

Imagens gráficas enviadas aos e-mail's do grupo.

O volume é que não anda nada excepcional até aqui, algo a ser monitorado justamente daqui pra frente, numa eventual confirmação.

Ganho está, mas a amplitude ainda não consigo estimar, nem de longe, esse é o problema, hehehe.